Fale Conosco pelo WhatsApp
(11) 3719-0993
(11) 93007-0596
Pesquisa Avançada
Shinigami Records




Shinigami Records > CDS > Fleshgod Apocalypse - Veleno
Fleshgod Apocalypse - Veleno

  R$ 35,00
    

Compartilhe

Características
Qtde Desejada:
Valor Unitario: 35,00
Valor Total (R$):
Calcule o Frete e o Prazo de Entrega
Digite seu CEP:  
 

DESCRIÇÃO

FORMA DE PAGAMENTO

COMENTÁRIOS

Gênero: Orchestral Death Metal 

SOBRE O ÁLBUM: 
O trabalho traz recompensas para os dedicados e os insistentes. E é exatamente isso que os grandes mestres italianos do Orchestral Death Metal, o FLESHGOD APOCALYPSE, está encontrando com o seu novo álbum "Veleno". Nos últimos quatro álbuns, o trio - liderado por Francesco Paoli - planejou cada passo, discutiu cada nota e garantiu que cada saudação a Paganini, Bach e Mozart fosse de encontro com um Death Metal igualmente brutal. 
Em "Veleno" [que significa "veneno" em italiano], eles precisavam de uma mudança na abordagem (e no ritmo). Para conseguir isso, o FLESHGOD APOCALYPSE se distanciou das distrações (como mudanças de formação, turnês e frustações do dia-a-dia), o que facilitou o processo de composição e deixou a inspiração fluir livremente. E como resultado, a banda amadureceu, conseguindo misturar de forma mais eficiente sua visão musical e nos trouxe 11 músicas que soam como uma nova banda com uma gigantesca sede de sangue insaciável. 
"?Veleno? é o álbum mais espontâneo que já fizemos", comenta o multi-instrumentista Paoli. "Sempre fomos muito honestos com nossa música, mas ser honesto não significa que você seja completamente espontâneo. Por exemplo, nunca gravamos uma única nota sem termos 100 % de certeza de que era a melhor para os nossos ouvidos. Porém, deixar a inspiração fluir livremente, sem qualquer tipo de restrição de tempo/horário/som/formação, é outra história. Ou seja, nós já experimentamos algumas músicas no passado, mas às vezes é quase como se você precisasse se censurar, por assim dizer. Algumas vezes, você tem uma ótima ideia mas, por algum motivo, você acha que é ?demais? para sua música e a joga fora. Então, a falta de limitações, a experimentação completa, o processo inevitável de redescobrir nossas raízes... tudo isso nos levou à mais bela música que já produzimos. Tenho certeza de que as pessoas vão amar ?Veleno? tanto quanto nós". 
Formado em 2007 na cidade italiana de Perugia por Paoli, o baixista/vocalista Paolo Rossi, o guitarrista/vocalista Cristiano Trionfera e o baterista Francesco Struglia, a banda rapidamente gerou uma onda de interesse, por parte das gravadoras, depois de lançar sua única demo "Promo ?07". Dois anos depois eles lançaram o seu álbum de estreia "Oracles" e já com a primeira faixa ?In Honour Of Reason?, o FLESHGOD APOCALYPSE foi considerado como um dos melhores novatos da Europa. 
Mas só foi com o próximo álbum, "Agony" de 2011, que os italianos tornaram-se maestros do Death Metal. Graças ao uso de instrumentos de sopro, de metais, de cordas e percussão, o FLESHGOD APOCALYPSE transformou seu Technic Death Metal, ampliando de forma grandiosa sua paleta sonora. Álbuns como o grande épico "Labyrinth" (2013) e o ultra detalhado "King" (2016) aumentando a propensão do grupo para aberturas inspiradas em Bach e Beethoven combinadas com um Death Metal único e brutalmente selvagem. 
"Quando fundamos esta banda, tínhamos claro que queríamos fazer algo importante com nossa música e todos estávamos preparados para que não fosse nada fácil", diz Paoli. "Todas as lindas lembranças dos últimos anos e todas as expectativas do que está por vir tornam desta jornada algo único e de nossa vida algo muito especial. E é ótimo fazer com todos estes elementos não apenas um ?quinto álbum?, mas o melhor álbum da nossa carreira. Isso mostra que tanto a nossa fórmula de trabalho quanto a ideia de que o que alcançamos nunca é um ponto final senão um novo ponto de partida, estão funcionando bem. Sentimos um progresso constante como artistas e seres humanos, o que me deixa realmente orgulhoso de quem somos e do que entregamos"
Mas há uma diferença fundamental entre "King" e "Veleno": a ausência do guitarrista/vocalista Cristiano Trionfera e do vocalista/guitarrista Tommaso Riccardi que saíram da banda em 2017 por motivos pessoais. Estas saídas reformularam o FLESHGOD APOCALYPSE que viu Paoli pular da bateria para virar vocalista e guitarrista. E para preencher as lacunas vieram o baterista David Folchitto (Stormlord) e o guitarrista Fabio Bartoletti (Deceptionist), dois músicos com uma longa história no metal extremo italiano. 
"David e Fabio são ótimos músicos e pessoas e estão fazendo um trabalho maravilhoso ao vivo", diz Paoli. "É um primeiro passo, só precisamos de mais tempo antes de adicionar alguém novo à nossa formação. É como se casar de novo, você quer ter certeza de que tudo está funcionando bem. Deixe-me ser bem claro: eles não são músicos temporários, eles são definitivamente parte da família. Estamos apenas relaxando antes de anunciar oficialmente uma nova formação"
A "parte metal" de "Veleno" foi gravado em Roma nos estúdios Bloom Recording Studio e Kick Studio com o parceiro de longa data Marco Mastrobuono, enquanto que a "parte orquestral" foi capturada no Musica Teclas Studio em Perugia. Logo depois, a banda levou todo o trabalho para o nominado ao Grammy Jacob Hansen nos Hansen Studios na Dinamarca para a mixagem e masterização. Segundo Paoli, toda a produção de "Veleno" levou cerca de três meses. 
"Esta foi a segunda vez que gravamos com Marco", diz Paoli. "Somos amigos de longa data também, então nos conhecemos muito bem. Ele nos ajudou a ultrapassar os nossos limites mais uma vez, explorar novos campos e descobrir habilidades internas que nem sabíamos ter. Além disso, desta vez também tivemos a oportunidade de gravar em um dos melhores estúdios do país, o Bloom Recording Studio em Roma, que é conhecido por trabalhar em produções mainstream e gravar trilhas sonoras de filmes. Nós gravamos quase tudo lá, exceto algumas coisas que foram feitas no Kick Studio de Marco. Foi a melhor sessão de gravação que já fiz para o FLESHGOD APOCALYPSE e acho que os outros caras sentem o mesmo. Para as gravações de orquestra e corais, trabalhamos com o nosso amigo Daniele Marinelli, que é um especialista quando se trata de gravar instrumentos e coros clássicos. Com todas as produções estelares que Jacob fez ao longo da sua carreira, acreditamos que ele era o produtor certa para uma tarefa tão complexa e exigente, que requer habilidades técnicas, bom gosto e intuição. E ele se superou. Nós realmente esperamos poder trabalhar com ele novamente no futuro, já que ele não é apenas um dos melhores produtores de Metal, mas também uma pessoa uma pessoa muito humilde e gentil"
Com a melhor produção possível, uma orquestra completa - com um quarteto de cordas, percussionistas clássicos e um coral barroco - e músicos convidados como Maurizio Cardullo (Folkstone) e Daniele Marinelli tocando gaita irlandesa e bandolim respectivamente, "Veleno" é, com certeza, A obra-prima do FLESHGOD APOCALYPSE. Desde a tensa abertura de ?Fury? passando pelas vistas cênicas de ?Monnalisa? até a taciturna e heroica ?Embrace The Oblivion?, "Veleno" engloba a grandeza dos anteriores álbuns, mas ao mesmo tempo abre novos horizontes, tanto sonoros como estéticos, para o FLESHGOD APOCALYPSE. 
"Algumas coisas vêm com o tempo e a experiência", diz Paoli. "Quanto mais trabalhamos como compositores, mas aprendemos e desenvolvemos. Se você trabalhar duro, você pode melhorar suas habilidades para sempre e aposto que todos os nossos fãs podem sentir esse progresso gradual e constante em equilibrar todos os diferentes elementos da nossa música. É claro que o gosto musical é algo totalmente subjetivo e cada um pode ter um álbum favorito do FLESHGOD APOCALYPSE, mas acho que a melhoria na técnica de composição é mais do que evidente e objetiva. Vamos mais longe neste aspecto, álbum após álbum. Nosso sonho continua sendo tocar um dia com uma orquestra sinfónica completa. E com todo o apoio e interesse que estamos recebendo dos fãs e da indústria musical, parece que esse dia não está tão longe"
O FLESHGOD APOCALYPSE está mais do que empolgado com o fato de que "Veleno" não é apenas o melhor álbum da banda até o momento, mas também uma mudança de paradigma que inclui um conceito lírico multifacetado, importantes laços culturais com o seu país natal e uma arte de capa profundamente simbólica de Travis Smith (que já trabalhou com bandas como OPETH, OVERKILL) que cria uma esplêndida conclusão e algo nunca antes visto num álbum do FLESHGOD APOCALYPSE. 
Como o famoso poeta italiano Dante Alighieri escreveu certa vez: "De uma pequena faísca pode estourar uma poderosa chama". E "Veleno" é aquela poderosa chama. 
© Chris Dick 
TRACK LIST
1. Fury
2. Carnivorous Lamb
3. Sugar
4. The Praying Mantis? Strategy
5. Monnalisa
6. Worship And Forget
7. Absinthe
8. Pissing On The Score
9. The Day We?ll Be Gone
10. Embrace The Oblivion
11. Veleno
Bonus:
12. Reise, Reise
13. The Forsaking (Nocturnal Version) 
Visita à banda em www.fleshgodapocalypse.com 
www.facebook.com/fleshgodapocalypse

 



Cadastre-se. Receba novidades, ofertas e cupons.
INSTITUCIONAL
Home  | Quem Somos  | Frete e Devoluções  | Tabela de Preços |
 
Shinigami Records
CNPJ: 02.502.919/0001-09
CAIXA POSTAL, 60191 - - SÃO PAULO - SP
Cep:05.323-970
11-37190993
 11-930070596

AJUDA E SUPORTE
Contato
Atendimento On-Line
Minha Conta
Desenvolvido por Lojas Virtuais BR